Ir para conteúdo

Ir para conteúdo

Prefeitura Nova Serrana - A cidade que mais cresce em Minas
Acompanhe-nos:
Facebook
Instagram
Youtube
ACESSO RÁPIDO
EnfeiteAGENDA DE EVENTOS

  • Junho 2019
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
Notícias
Principal   Notícias
 

22/01/2019 às 14:06:00
Dia de combate à Hanseníase acontece neste sábado na Policlínica

Neste sábado, dia 26 de janeiro, o setor de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Nova Serrana fará uma ação em referência ao Dia Nacional de Combate a Hanseníase. 

Serão oferecidos diversos testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatite C, além de exames preventivos previamente agendados e consulta médica para rastreamento de possíveis casos de hanseníases.

Também serão oferecidas orientações sobre Dengue, Febre Amarela, Zika e Chikungunya.

A ação acontecerá no sábado (26), de 7h às 11h na Policlínica Municipal, que fica na rua Zacarias Guimarães (ao lado do Hospital São José).

Janeiro Roxo e Dia Nacional de Combate a Hanseníase

Dia 28 de janeiro de 2019 será o Dia Nacional de Combate a Hanseníase. Essa doença, antigamente conhecida como lepra, é uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Mycobacterium Leprae ou bacilo de Hansen, tendo sido identificada no ano de 1.873 pelo cientista Armauer Hansen.

Durante o mês de janeiro (Janeiro Roxo), são realizadas em todo o Brasil, ações de identificação e tratamento de hanseníase.

A doença tem curam, mas se não tratada, pode deixar sequelas. Hoje, em todo o mundo, o tratamento é oferecido gratuitamente, a fim de que a doença deixe de ser um problema de saúde pública. Em 2016, o Ministério da Saúde registrou no Brasil mais de 28.000 casos novos de Hanseníase.

A transmissão da Hanseníase se dá por meio de convivência muito próxima e prolongada com o doente por contato com gotículas de saliva ou secreções do nariz. Vale lembrar que tocar a pele do paciente NÃO transmite a Hanseníase.

Cerca de 90% da população tem defesas naturais contra a doença. O período de incubação (tempo entre a aquisição a doença e da manifestação dos sintomas) varia de seis meses a cinco anos. A maneira como ela se manifesta varia de acordo com a genética de cada pessoa.

A suspeição da hanseníase é feita pela equipe de saúde e pelo próprio paciente. O diagnóstico é feito pelo médico e envolve a avaliação clínica dermatoneurológica do paciente, por meio de testes de sensibilidade, palpação de nervos, avaliação da força motora etc.

Se necessário, durante a ação, será feita a baciloscopia, que corresponde à coleta da serosidade cutânea, colhida em orelhas, cotovelos e da lesão de pele, e ainda pode ser realizada biópsia da lesão ou de uma área suspeita.

 
 
 
 
Newsletter Receba os informativos da
Prefeitura de Nova Serrana
Mapa Localização:
Rua: João Martins do Espirito Santo, nº 12, Park Dona Gumercinda Martins
Nova Serrana - MG - CEP: 35519-000
Telefone Telefone para Contato:
(37) 3226-9000
Atendimento Horário de Atendimento:
Seg. a Qui. - 8h às 18h / Sexta-feira 8h às 17h
Newsletter
© Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados. Instar Tecnologia
Seta
Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Internet Instar Internet